Polícia Militar encerra festa e flagra menores consumindo bebidas alcoólicas em Bataguassu

O organizador do evento foi conduzido à delegacia, ouvido e liberado

08/07/2024 às 10h20 Atualizada em 11/07/2024 às 09h22
Por: Elenize Oliveira Fonte: Redação Cenário MS
Compartilhe:
O responsável pelo evento e os menores foram encaminhados à delegacia - Foto: Elenize Oliveira/Cenário M|S
O responsável pelo evento e os menores foram encaminhados à delegacia - Foto: Elenize Oliveira/Cenário M|S

 

Polícia Militar interrompe festa e flagra menores em bar no Centro de Bataguassu neste fim de semana.

A Polícia Militar de Bataguassu informou que na madrugada deste domingo (7), por volta de 1h, recebeu diversas denúncias de pertubação do sossego relacionadas a uma festa realizada em um bar, localizado na Avenida Dias Barroso. 

Continua após a publicidade

Segundo registros, as denúncias mencionavam músicas altas com conteúdos obcenos, além de frequentadores da festa utilizavam descargas livres de escapamentos de motos e realizavam manobras perigosas em frente ao estabelecimento. As vítimas alegam que as festas acontecem todos os fins de semana causando transtornos e incomodos aos moradores da região. 

No local, a PM mencionou irregularidades e informou que a portaria do evento não exigia a apresentação de documento dos frequentadores. 

Continua após a publicidade

Um homem se apresentou como responsável pelo estabelecimento e quando percebeu que seria encaminhado à delegacia, alegou que não ser o responsável pelo evento. Minutos depois, Felipe, de 28 anos, se apresentou aos militares e assumiu a responsabilidade pela festa. 

Em nota, a PM informou que deu o prazo de 20 minutos para que os clientes pagassem suas comandas e deixassem o local; o prazo não foi obedecido e os policiais militares vistoriaram o estabelecimento onde identificaram 3 adolescentes: 2 meninos de 16 e 17 anos e uma menina de 17 anos. Os menores confessaram que consumiram bebidas alcoólicas no local e foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil em companhia dos agentes do Conselho Tutelar Municipal. 

O responsável pelo evento foi encaminhado à delegacia, ouvido e liberado em seguida. O caso foi registrado como crimes de desobediência, pertubação do sossego e vendas de bebidas alcoólicas para menores.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,54 -0,99%
Euro
R$ 6,04 -1,05%
Peso Argentino
R$ 0,01 -1,84%
Bitcoin
R$ 394,725,03 -0,31%
Ibovespa
128,009,81 pts 0.31%
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias