Polícia Federal indicia Bolsonaro no caso das joias sauditas

O relatório parcial da investigação foi enviado na tarde de hoje ao ministro Alexandre de Moraes

05/07/2024 às 10h10 Atualizada em 05/07/2024 às 10h15
Por: Redação Cenário MS Fonte: Agência Brasil
Compartilhe:
PF indiciou nesta quinta-feira (4) o ex-presidente Jair Bolsonaro - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil/Arquivo
PF indiciou nesta quinta-feira (4) o ex-presidente Jair Bolsonaro - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil/Arquivo

A Polícia Federal (PF) indiciou nesta quinta-feira (4) o ex-presidente Jair Bolsonaro no caso das joias sauditas. O relatório parcial da investigação foi enviado na tarde de hoje ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso.

A investigação apurou o funcionamento de uma organização criminosa para desviar e vender presentes de autoridades estrangeiras durante o governo Bolsonaro.

Conforme regras do Tribunal de Contas da União (TCU), os presentes de governos estrangeiros deviam ser incorporados ao Gabinete Adjunto de Documentação Histórica (GADH), setor da Presidência da República responsável pela guarda dos presentes, que não poderiam ficar no acervo pessoal de Bolsonaro.

Continua após a publicidade

No entanto, segundo as investigações, desvios começaram em meados de 2022 e terminaram no início do ano passado. As vendas eram operacionalizadas pelo ex-ajudante de ordens de Bolsonaro Mauro Cid.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,55 -0,85%
Euro
R$ 6,05 -0,88%
Peso Argentino
R$ 0,01 -1,67%
Bitcoin
R$ 396,610,02 +0,02%
Ibovespa
128,095,90 pts 0.38%
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias