Gestão Akira é rejeitada por 85% da população de Bataguassu, aponta pesquisa

Rejeição está crescimento. Em novembro do ano passado, Akira tinha 80% de rejeição, já em março deste ano, subiu para 83% e agora para 85%. 

27/05/2024 às 10h36 Atualizada em 31/05/2024 às 10h50
Por: Diego Oliveira Fonte: Redação Cenário MS
Compartilhe:
Prefeito de Bataguassu Akira Otsubo (MDB) - Foto: Prefeitura de Bataguassu
Prefeito de Bataguassu Akira Otsubo (MDB) - Foto: Prefeitura de Bataguassu

Gestão do prefeito Akira Otsubo (MDB), é rejeitada por 85% da população de Bataguassu, segundo pesquisa do Instituto Ranking Brasil Inteligência, realizada nos dias 21 a 26 de maio deste ano, junto a 500 moradores de Bataguassu.

Para 85% dos entrevistados, a gestão de Akira Otsubo é ruim ou péssima, enquanto para 7% é regular, e para 4% é bom ou ótimo, enquanto 4% não sabem ou não responderam.

Continua após a publicidade

O levantamento mostra que a rejeição do atual prefeito de Bataguassu, segue em alta. Em pesquisa realizada em novembro do ano passado, Akira tinha 80% de rejeição, já em março deste ano, subiu para 83% e agora para 85%. 

A administração do prefeito Akira é considerada pela população, como um dos principais problemas da cidade.

Continua após a publicidade

Principais problemas

O Instituto Ranking Brasil Inteligência ainda levantou quais são os maiores problemas do município de Bataguassu e a maioria dos entrevistados apontou que é a saúde, com 48,2%. Em seguida, temos a falta de administração do prefeito, com 34,4%, e a péssima gestão de Akira Otsubo, com 28,6%.

Depois aparecem a cidade abandonada, com 20%, a falta de infraestrutura, com 16%, as praças abandonadas, com 14,6%, a taxa de lixo, com 12%, a falta de casas populares, com 10,2%, a falta de saneamento básico, com 9,4%, e falta de ajuda para o Porto XV, com 8%.

Os moradores ainda falaram que falta ajuda aos assentamentos, com 7,2%, falta de opções de lazer, eventos e cultura, com 6,4%, falta de manutenção das estradas vicinais e das pontes de madeira, com 5,8%, falta de iluminação pública, com 5,2%, e falta de ajuda aos servidores, com 3%, sendo que 2,6% apontaram outros problemas e 4,6% não sabem ou não responderam.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,55 -0,90%
Euro
R$ 6,04 -0,93%
Peso Argentino
R$ 0,01 -1,72%
Bitcoin
R$ 395,900,20 -0,10%
Ibovespa
128,111,59 pts 0.39%
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias